segunda-feira, 2 de julho de 2012

A voz!

Eu era paranoica com a minha voz, pelo o que eu me escuto..e olha que falo bastante ao espelho.
Escuto uma voz diferente...grossa de timbre forte, deixa eu explicar, nasci surda e a minha primeira pronuncia foi aos 3 anos, disse lua.. fiz fono ate 8 anos, te dizer eu admiro minha voz, por ela ser diferente de todas...
Comecei com uma busca desenfreada em ter uma fala perfeita..pensando bem essa é uma das minhas particularidade, não falo perfeitamente porque não escuto bem, essa é a lógica..
Posso parecer natural para alguns, como posso ser um alarde para outros, as vezes chama atenção, por causa da diferença. 
Com o tempo há o desgaste na fala, e eu sinto que estou desaprendendo a falar o som do 'S'...no meio da palavra..
No tempo de faculdade onde eu exigia muito do meu eu, tive a sensação de querer desistir de falar em público..somente por causa do 'S'..
Acontece que levantei a bandeira da minha angústia, e tentar perder o medo de falar em público, pensei, refleti como eu farei isso?!
Me abri com a minha orientadora do projeto de monografia..ela simplesmente chorou, não era a minha intenção em ser uma pobre coitada, apenas expus o que me angustiava..a bendita fala.
Ela ficou extasiada, jamais acreditava que eu era surda..ou mesmo deficiente auditiva..me parabenizou e disse que era uma honra em ser minha orientadora, que pelo processo da monografia, as constantes visitas, nós ficamos muito próximas, e ela me ensinou que essa limitação a gente quebrava esse paradigma apenas falando. E isso para mim era uma tortura.
E aprendi a ensaiar, a me olhar, e a me ouvir, silenciosamente..comecei a gostar da minha voz, e que essa "limitação" eu já havia vencido, falando pela primeira vez aos três anos.
Apresentei o meu projeto de monografia no teatro da universidade, tremendo e falando ao microfone...
Por uns instantes, eu parei para ouvir a minha voz..
Convenci de que eu sou excepcionalmente a única que falo diferente...
Sou eu, a do timbre forte..que falo meio rouco..as vezes fanhoso..e sem o som do 's'..
E ainda tem gente que me pergunta se eu estou rouca..digo que essa é a minha voz verdadeira.

Beijos roucos!

tumblr

2 comentários:

  1. Dani,
    que postagem linda!
    Eu também tenho um grande dilema coma a minha 'voz'. Lembra que comentei na postagem das Canecas o fato de ganhar a do Cebolinha por falar 'elado'? Então, fiz anos de fono e hoje sei o que é certo mas mesmo sabendo muitas vezes o certo não sai (acho que vc consegue me entender). Já tive consegui superar a minha dificuldade em falar em público e não me ofendo com as críticas. Eu sou assim e pronto. Eu me esforço muito e isso é o suficiente para eu me aceitar.

    Uma semana colorida para nós!

    Beijinhos :**
    Carol
    www.umblogsimples.com

    ResponderExcluir
  2. OI Dani,
    Que coisa mais linda a sua história, e o seu desbravamento quanto o que voce pensava ser limitação, que não é limitaçao para nada.
    Brava guerreira...Parabéns!
    BJus de uma admiradora.

    Paula Kasas

    ResponderExcluir

Sejam bem-vindos, obrigada pelo seu singelo comentário.