segunda-feira, 23 de julho de 2012

Aconchego!

Aconchego, procurei há uns dias para senti esse sentimento..coloquei as responsabilidades em ordem, fui na casa da minha mãe ver as crianças que estão passando uns dias por lá, e por uns instantes todos resolveram sair para passear. E eu resolvi ficar, tinha algumas pendencias para resolver e acabei dormindo por volta das dez da manhã, ora os lençóis cheirosos, friozinho convidativo, muitos travesseiros, cheiro de lavanda espalhado, senti o aconchego de perto, despertei no fim da tarde, esqueci do almoço, do marido e dos filhos não por maldade, mas por saudade desse aconchego a tempos não me sentia tão bem.
Vi de verdade que eu prezo pelo o silencio, de usufruir sua magia, de estar sozinha, de estar prestando atenção ao meu espaço, de ouvir a minha voz interior. E quantas coisas eu sonhei...quantas coisas eu delirei... meditei, agradeci por todas as oportunidades que estão surgindo, agradeci de novo por tudo.
Deixei de achar que a vida é dura, li um livro de leitura gostosa..e a campainha tocou, era o meu marido com uma marmita do meu suposto almoço/quase jantar, os filhos chegaram exausto do passeio, me beijaram, me abraçaram.. senti tudo silenciosamente, sorri.
Senti verdadeiramente meu aconchego, minha família junto, meus sonhos acontecendo..
Cá estou feliz além da conta.

beijos, bom inicio de semana!

fall fall fall!!
pinterest

Um comentário:

  1. Curta muito sua mãe...
    Perdi a minha há 5 anos, e só eu sei o quanto é duro...ai.
    Beijos menina!!

    Paul Kasas

    ResponderExcluir

Sejam bem-vindos, obrigada pelo seu singelo comentário.