sexta-feira, 22 de junho de 2012

Repensar!

Existe um abismo de uma amiga e eu, no passado, eu escutava muitas coisas e ficava calada, com o tempo passei a não aguentar mais ouvir coisas que eu não queria. Me tornei forte, com opiniões próprias, talvez eu aprendi a ser mais confiante e enfrentar tudo que eu ouvia..mas nunca desejei mal, sempre desejei tudo para o bem, ajudava em todos os aspectos da vida , em cada mudanças, lá estava eu aprontando as malas, limpando a casa, para ajuda-la, abrigar a família, em cada briga com marido la eu estava aconselhando para tudo ficar bem, dei mil e um conselhos..
O tempo passou... claro que não deletei na memoria, nossas risadas, nossas mancadas, nossas farras, nossas viagens, nossos conselhos, nossos filhos vieram no mesmo tempo, nossas estórias engraçadas.. eramos palhaças, imitávamos tudo que víamos pela frente. Coisas de adolescentes.
Teve vários momentos que eu senti que eu estava me sentindo mal, que eu prefiro não explicitar, quero esquecer, mas estão todos no meu subconsciente.
Não foi vingança, não foi inveja..,falei o que estava sentindo no fundo do meu coração...falei do que eu me sentia mal. O tempo passou, e fui viver minha vida de cabeça erguida, sou orgulhosa, não vou atras, sabendo que eu não errei e nem estava errada.
Nós somos opostas, gostamos de coisas diferentes..mas rimos e choramos muitas vezes juntas.
Por um momento eu achei que tinha pisado em falso, mas não..a ficha está caindo lentamente e as coisas estão se encaixando, não tinha intenções de magoa-la, só queria acabar com essas angustias que vinham do meu coração.
Demorou para as concretizações dos meu sonhos, as coisas estão acontecendo gradualmente...
Nós estamos mudadas, mas experientes. 
 Sempre vai haver diferenças e essa sensação de haver um abismo entre nós pode um dia dissolver com o tempo, não sei como. 
Só o tempo vai mostrar o que realmente foi, e eu vou deixar fluir..
E eu sei que as amizades nós não encontramos em qualquer esquina.
Deus sabe o que faz.
Espiritualmente eu poderia até está sendo egoísta em não procurar, em não ceder, mas prefiro deixar as coisas acontecerem, estou aqui no meu cantinho, bem feliz e realizada.

Estou mais leve, de cabelos curtinhos, tintura ombré saindo (phoda),

beijos de desabafos, mas é a vida né?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sejam bem-vindos, obrigada pelo seu singelo comentário.