sábado, 2 de julho de 2011

Muro!



Etapa iniciada,
estamos na fase de conclusão do muro da nossa casinha.
Vou atualizar sempre!

Eis que encontrei um poema,
bem real pro meus sonhos.




O Muro e Eu!

Quanto mais alto for o muro
Que hoje me cerca a vida
Mais vontade terei de criar asas
E voar solenemente sobre ele
Mas se asas não me for possível ter
Vou tentar cavar um túnel e transpô-lo de maneira humilde
Mas! E se o túnel não der certo?
Ahh!! Então vou plantar uma semente de árvore bem próximo ao muro
Vou regá-la todos os dias com a água da divina esperança
Vou adubá-la com amor, com fé, com trabalho e com muita paciência
Vou admirar cada brotinho que nascer, cada nova folha que surgir
Durante seu crescimento, vou podá-la dos galhos do ódio, do rancor, da ambição, inveja e da maldade
Enfim, de tudo que não presta, que não merece atenção
Tenho certeza que assim, a semente se transformará numa enorme árvore
Onde poderei subir até seu topo
E comer do fruto doce que eu pegar com as mãos
Enquanto me delicio com isto, observo la do alto o muro que outrora me cercava a vida!


Um comentário:

Sejam bem-vindos, obrigada pelo seu singelo comentário.