quinta-feira, 17 de março de 2011



“No meu altar pessoal tem pequenos gravetos

No meu altar pessoal estão os 4 elementos e as 4 estações.
Tem o silêncio e a luz.
Estão lá também lembranças de momentos especiais da minha vida.
E um feixe que me lembra da força de uma família.
Quando nele, sinto tudo se ajustar... ouço a voz do mundo, e oro.
Equilibro-me e aceito.
Nele agradeço pelo que sou e pelo que evito.
Pelo que transbordo, e pelo que pondero.
Pelo que ouço, e pelo que calo.
Pelo que guardo, e pelo que entrego.

No meu altar o que menos importa é religião ou filosofia... nele me encontro comigo, e com o que chamo de Deus.
Diante dele, pelo menos uma vez por dia, me ajoelho e agradeço...”
Solange Maia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sejam bem-vindos, obrigada pelo seu singelo comentário.