sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Ben, nove anos!

foto: Danielly Carvalho

Ben, que as gigantes miudezas da vida sigam te encantando.
tu não imaginas o quanto é importante as somas de tantas gentilezas que aparecem no teu caminho.
tu não imaginas a força que tu tens, seja das palavras, das ações e do teu coração.
Acho lindo o cuidado que sai do teu olhar,
a generosidade de estender a mão
e teu apreço por ser você mesmo.
voe sem pensar,
voe sem se prender,
voe com seu sorriso sem medo de ser feliz!
a vida vai te surpreender,
e com todas as suas forças, surpreenda-se
cada dia mais e mais.
te amamos muito!
Parabéns e Feliz aniversário, 
sua família continua te desejando um mar de afeto no teu coração.

#vidasnossas
♥♥♥

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

eu sei que..


foto: Dani Carvalho


eu sei que la na frente nós vamos entender os rabiscos de hoje.
sei também que é fundamental colocar ordem nessa cabecinha.
sei que é necessário se perder para se reencontrar.
sei também que vamos aprender muito durante todos os processos. 
as vezes ter paz é não ter as respostas necessárias.
não é algo injusto, é normal, não termos respostas para tudo.
e mesmo assim ta tudo bem.
ter em mente somente o essencial,
é uma pequena direção.
sempre tem grandes lições. 
acredito muito nas fases individuais que nós passamos, 
você se olha com mais carinho,
você se proteje,
você se conecta,
você se constrói.
no caminho aparece novas descobertas.
as afinidades vão se ajustando.
você revive o que gosta, 
e divide tanto amor.
no caminho aparece pessoas dinâmicas
que enfrenta os processos com sabedoria, 
e que sabe respeitar quando o silêncio entra sem bater.
que entende pelo olhar: seus desejos e suas renuncias.
esse detox virtual, 
{faço sempre},
me leva a outros estágios da vida.
me ensina a dançar conforme o caos.
e a ficar atenta na minha identidade e nos meus valores essenciais.
a desfrutar de tudo o que possuo agora,
esse momento eu sinto aprazimento,
finca a essência, e mostra o tempo todo
o quão maravilhoso é ser você mesma.
precisei abrir mão de algumas coisas, 
porque sei que é delicioso acolher quem somos.
sei que estamos numa era da obsessão de se mostrar a todo instante.
de se aparecer,
de ser socialmente aceita, 
do ter é melhor do que ser.
minimizei,
essencializei.
simplifiquei,
tirei seguidores, vigilantes, observadores e palpiteiros.
não quero mais de perto: o achismo, a pressuposição e as inverdades.
coloquei nos seus devidos lugares.
o mais interessante, 
é aquele ditado popular que conheço tanto:
a famosa lei do retorno.
digo com convicção: 
o meu decidido foi dito em voz alta.
esclarecido e escrito.
Hoje sigo. 
persistente em busca do que é importante para mim.
de me alimentar de amor e afeto.
de afagar o meu coração.
de ser gentil comigo mesma.

o meu coração aprendeu e aprende tanto.
os meus valores continuam tatuados dentro de mim e nos meus pensamentos.
e a minha maior virtude: 
foi ser digna com o meu silêncio para não julgar.
 a olhar com bondade, ouvir e filtrar.
seguindo a minha intuição: que nunca falha,
nunca falha.

beijos!





segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Costurando a vida!

foto Dani Carvalho

estou vivendo e costurando a nossa história.
uns preferem costurar os retalhos, 
outros costuram uma peça para encaixar em seus corpos.
eu costuro a vida com palavras.
eu revelo as fotografias,
as palavras têm poder, significados.
as fotografias têm magia, registros.
costuro nossas vidas,
costuro nossas lembranças, saudades e sentimentos.
eu costuro o mapa que meu coração me dá.
costuro a entrega, os momentos e os encontros.
costurar a vida: é ser intensa, é ser sensível e é saber viver.
é saber costurar os pequenos acontecimentos da vida,
vou indo ali costurar sonhos, costurar afeto e amor.
porque é de VIDA que o meu costurar se faz.

beijos!

Dani Carvalho

sábado, 12 de outubro de 2019

palavras meu destino: lembranças da minha infância!

foto: Dani Carvalho

Eu digo para a Dani da foto, 
que hoje quando fecho os meus olhos lembro de tantas memórias
 construídas na minha infância.
Lembro dos tombos que tomei,
lembro de cada gargalhada que dei.
Lembro da primeira vez que ousei a sair de bicicleta sozinha e que no retorno eu caí de frente à minha casa, meu pai riu tanto que não deu tempo eu chorar.
Lembro das vezes que sai para passear com meus tios ao sertão, 
lembro das vezes que tomei banho de açude com meus primos, 
a brincadeira era atravessar o açude inteiro íamos nas bóias
feita de câmara de pneu e eu atravessava chorando de medo, que tentava rir varias vezes e de quebra gritava bem alto de tanta felicidade.
Isso tudo em apenas uma travessia.
Lembro de subir nas árvores para comer flor de flamboyant.
Nossa como isso me marcou.
Há tantas lembranças que eu poderia escrever.
Mas prefiro guardar algumas delas no meu coração.
Cresci e essas lembranças vêm sempre me visitar.
Nasci numa era não digital, ainda tínhamos máquina analógicas 
que as surpresas eram quando revelávamos os rolos de filmes das férias na praia.
Algumas fotos salvavam-se e outras eram tão repetidas 
que dava para criar um episódio de uns cinco minutos de tantas fotos iguais.
Cresci mais alguns centímetros fui no percurso da vida me distanciando das memórias vividas. 
Mas sinto saudades de ter meus primos ao meu lado para brincarmos o dia inteiro.
Um deles era metido a colecionador, colecionava tudo que via pela a frente e eu adorava tanto.
Tive uma infância arrodeada  por tantos primos/irmãos, que sorte eu tive e tenho a felicidade de ainda construir memorias com todos eles.
E quando todas essas lembranças chegam sem avisar, eu lembro que o melhor da vida foi e é ainda criar vivências ao lado das crianças.
Ainda é valioso uma ida à praça, andar de bicicleta, acampar 
(nem que seja no quintal de casa),
comer pipoca até não querer mais, brincar na calçada com os amigos.
As vezes eu me esqueço o quanto tudo isto é essencial costurar as vivências, por fim criar lembranças.
Hoje eu saúdo cada memoria que eu vivi.
Então dia das crianças: é mais um dia de construir lindas recordações.

Feliz dia das crianças!


#palavrasmeudestino
#diadascrianças
#propositodevida

*



domingo, 6 de outubro de 2019

palavras sinceras do dia!


foto: Dani Carvalho



Minha vida não está na vitrine,
decisão pessoal mesmo.
Não me alimento de olhares externos,
sigo-me nesse processo por dentro,
encaixando as dores e os amores.
Volto a escrever,
respirando sob a importância da palavra: Constância.
com pretexto da necessidade de conduzir os meus passos,
firmando e me reafirmando.
sem recompensas, ou os olhares de aprovação,
sem precisar agradar, nem cuidar do que o outro pensa.
nesse exercício de me cuidar, de me concentrar...
não tenho medo de errar.
A opinião, a visualização, os likes drenam a nossa energia. 
Nos tiram o poder de escolhas, nos suga e acabam toda a nossa capacidade criativa.
Decisão tão bem tomada, em silenciar. 
Depois de constatar.
sigo indo: com meus escritos, com meus passos e meus sinceros abraços.


"obs: Eu só sou responsável pelo o que eu falo, não pelo que você entende."

Dani.

quarta-feira, 31 de julho de 2019

Quando o sol abre as janelas...!

por Dani Carvalho

Quando o sol abre as janelas (do coração),
o sol entra para iluminar
te fazer luz
traz a brisa leve,
traz o respirar.

Quando o sol abre as janelas (da alma),
eu me debruço para engrandecer,
eu fecho os meus olhos, sinto o coração aquecer.

Quando o sol abre as janelas (da vida),
tudo se reinicia,
tudo se renova...

Quando o sol abre as janelas,
tudo se esmera,
entre o verde das plantas e o florear das flores.

Quando o sol abre as janelas,
tudo se recomeça,
o amanhecer nasce de dentro para fora.

Quando o sol abre as janelas,
encho o peito de luz,
abro as mãos e agradeço o acalorar que fica no coração.

Quando o sol abre as janelas,
eu faço dos segundos aos longos minutos,
gratificando cada luz 
priorizando esse momento cheio de vida.

Obrigada Deus,
por ser meu sustento.
por ser cada raio de sol no meu coração.

beijos!



terça-feira, 2 de julho de 2019

o meu "muito obrigada"!


ft. Dani Carvalho

"Contemplar e agradecer"

"Meu caminho de sempre, novos olhares, todos os dias"

o meu "muito obrigada" 

Obrigada por me manter constantemente INSPIRADA. 
obrigada por eu viver a minha convicção.
e a me ajudar entender que o melhor da vida não é 
o que eu tenho e sim o que eu sou,
de dentro para fora.
Obrigada, por me ensinar sobre a compaixão, 
sei por você, que é a melhor maneira de lidar com aquilo que não entendemos.
a você, obrigada por tanto...
por me ensinar que EU estou no controle da minha vida, e dos meus dias.
Sou eu quem estou no controle das minhas experiências, 
controle do que eu filtro e no que eu absorvo e 
POSSO sempre defini ou não como a beleza da vida.
e a confiança começa quando deixamos o mundo dar espaço
 para que possamos expandir o que já somos.
Obrigada por reforçar o quanto o silêncio 
é o meu melhor amigo.
não há nada que defina o que o silêncio significa para mim.
de verdade.
enquanto minha mente grita.
eu lembro de você. 
e silencio cada vez mais.
Os valores e a dignidade se aprendem com a formação do caráter.
obrigada, por fazer questão de ser sombra pois todo dia busco viver de luz.
seja pelo sol, seja pelos livros, seja pela a companhia sincera do dia.
Obrigada por insistir que eu coloque em primeiro lugar meus valores, minha dignidade e meus propósitos de vida. Eles são na verdade minha fonte inesgotável de amor.
Obrigada por manter aceso minhas ORAÇÕES diárias. 
Por me lembrar que meus deslizes e os meus defeitos, eu devo amar sempre.
Um dos meus melhores defeitos é não se conformar com a zona de conforto, ou seja, é querer sempre mais e mais. Isso é confundido com prepotência. Não me conformo com pouco estudo, com pouca pesquisa, com pouca leitura, com pouco trabalho e várias outras coisas. 
tenho uma lista de defeitos, que somam-se com as minhas qualidades.
A vida é o contorno que a gente dá em volta ao sol, é se queimando e se abanando que a vida vai acontecendo. É pondo os sorrisos e enxugando as lágrimas. 
A vida ainda vai continuar incrível, acredite.
Ei, olhe ao seu redor, valorize um simples grão de areia que a ventania trouxer para a sua sala de estar, valoriza um canto do pássaro por mais que ele sussurre fazendo algazarra transforme em melodia. É fazendo com três ingredientes, um belo banquete. 
E pensar quantas vezes for necessário.
E ajustar os ponteiros sempre que for preciso.
Eu, através de você aprendi tanto... eu te agradeço demais.
Demais mesmo com toda a força do meu ser.
Ei, não importa a ti quantos livros eu li, e ando lendo. A importância de cada paragrafo sempre será o que eu absorvo, o que eu aprendo em cada linha que eu leio, releio e alimento a minha experiência. Você nem imagina o bem que me fez e faz.
Ei, não importa a ti quantas viagens eu fiz, faço e farei. Pois a mim cabe o que eu me dedico para realizar cada pedaços dos meus sonhos, as minhas abdicações diárias, meu "abrir de mãos".
a vida só é mágica quando você se entrega viver altas aventuras, viver momentos que você terá toda a vida a memoria de tudo que vivestes e se permitistes. 
Meu lugar na vida é o meu coração, minha mente e o meu corpo. 
e eu me permito arriscar sempre. 
realizando um tanto todo dia.
As melhores viagens que eu já fiz, te digo, foi para o interior do meu ser.
e de lá trago vários "souvenir": uma delas, faço as pazes com meu passado, aceitar e melhorar meu agora e trazer um punhado de esperanças para o meu futuro.
ei, escrevo todo dia no meu livro da vida.
essa façanha eu faço a cada minuto do meu respirar.
No meu livro da vida eu sou a protagonista, nele há rabisco e desenhos feitos pelos os meus filhos, e o melhor que só há palavras vividas. É o meu melhor livro já lido e relido tantas vezes. 
Graças a você isto foi percebido por mim há anos.
Agradeço e não tenho como mensurar, não encontro palavras à altura por este tamanho gesto
 de me fazer enfrentar e de pôr em ordem tantas ideias que fervilham na minha mente.
As palavras se embaralham mas sempre entre um trabalho e outro vou conseguindo
 pôr nos trilhos as verdades ditas e vividas. 
é proibido no meu livro da vida os dois piores "M"s existidos: mentiras e máscara.
e graças a Deus me ensinaste não ser igual a você.
obrigada por tudo.
sou grata a você por me impulsionar tanto.
graças a você eu reconheço que não preciso de tudo, 
são nas dificuldades que eu cresço.
graças a você eu reconheço que também nas alegrias e no 
melhor jeito de ver a vida eu também cresço.
eu aprendi a ver com os bons olhos por isso venho agradecendo.
obrigada por me fazer enxergar tanto.
E obrigada pela as escolhas que você fez,
 obrigada por me mostrar tantas vezes que existem sempre os dois lados de uma história. 
existe a real e a fictícia,
 existe mensagens subliminar e os 
contos que só se conta o que convém.
Obrigada por me ensinar a ser filtro,
a buscar no meu silêncio: o discernimento.
a não me basear pelo "achismos" das pessoas.
ver sempre os dois lados,
ver sempre o entorno por onde ando.
Obrigada por me ensinar sem querer,
 a não julgar a capa de um livro, 
a me ensinar a abrir e ler as "orelhas" e por fim le-lo e a rabiscar o livro todo.
Obrigada...
a palavra final vai com ficar com três pontinhos, 
pois nele há chance aprender um novo caminho, 
e levar para a vida todo aprendizado.  
Obrigada por manter FIRME o meu silêncio e por dar todas as respostas as minhas duvidas.
Obrigada por me fazer conhecer você.
...
os meus processos: agradecem tanto.
um dos meus propósitos de vida: unir com poucos e bons amigos.
e aqui encerro a metade do ano, a metade dos planos.
 obrigada... 









quarta-feira, 22 de maio de 2019

Como eu te vejo!



Eu vejo você, vejo livro.
Eu vejo você, vejo borboletas.
 Eu vejo você, vejo essência.  
Eu vejo você, vejo sonhos.  
Eu te vejo, como me vejo. 
Eu te mostro, o que eu gosto. 
Eu te ofereço o que eu tenho. 
O mundo que eu te apresento é o mundo que eu busquei viver.
 Livros, sonhos, essência e calma eu busco e vivo todos os dias. 
Eu te vejo e me vejo feliz. ♥️.
 #nossacasanossoninho
 #nossolarnavida
 #livrodavida
 #serena
 #pazdosnossosdias 

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

1 ano de Serena!


foto: Dani Carvalho

Serena é um poema que nunca nos fartamos de ler.
Serena é o convite impresso para estar na estrada e que não cansa.
Serena é uma beleza que não se gasta.
Serena é aconchego, tem cheiro de café coado e gosto de casa.
Serena semeia esperança, tem em si "o renovar", tem luz.
Serena é alegria, é presença e é colo.
Serena é o caminhar entre as flores, é o banho de mar e de chuva.
Serena é passarinho, delicada e sensível.
Serena é amor, é carinho, e abraços.
Serena é primavera, outono, inverno e verão {em um dia}.
É linda em todas as estações.

Te amamos, coração.
alegria em ter você: nas nossas vidas!

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

8 anos de Ben!


Ben, eu poderia te dizer todas essas palavras quando formos no final do dia deitar na rede. 
Seja na varanda, na sala ou no quarto.
Ou enquanto esperarmos a Serena acordar ou a Ana chegar da aula de inglês.
no momento colocaríamos os papos em dia,
você como filho. irmão, sobrinho e neto, trouxe o significado de acolhimento, de afeto, e ainda carrega na bagagem tantos questionamentos. 
Nós por vezes falhamos por não acompanhar todo esse progresso que você busca. matematicamente falando, aquela ideia já bem madura, você explica cada passos dos seus planos, e a gente ouve temendo por você ser tão pequeninho e é tão destemido.
sem medo de ir la na frente...
sem receios, e sem limitações.
coração enche de esperanças por termos você aqui conosco. 
nos ensinando todos os dias, 
em qualquer área da vida,
 principalmente em ser um bom menino, protetor e amável.
esta valendo a pena ter aberto as mãos e o coração para te ter por perto.
esta valendo a pena acompanhar cada passo teu.
esta valendo a pena ver você crescer tão cheio de sonhos.
tão cheio de vida.
8 anos fazendo nossas vidas girar 360º graus todos os dias.
Te amamos!
Dani, Ana, Serena e Thi